Psicologia e Sentido de Vida

“Quando a circunstância é boa, devemos desfrutá-la; quando não é favorável devemos transformá-la e quando não pode ser transformada, devemos transformar a nós mesmos.” ( Viktor Frankl ).

A Psicologia é o campo que investiga e reflete sobre a constituição bio-psíquico-social-espiritual do ser humano, visão integrada, para a atuação da prevenção e promoção da saúde integral do mesmo.

Viktor Frankl, Austríaco, doutor em medicina e psiquiatria, fundador da Terceira Escola Vianense de Psicoterapia, sendo a Primeira Escola Freud, a Segunda Adler. Sua obra conhecida como Logoterapia “Logo=Sentido / Terapia =cura” ou seja: Logoterapia=cuidar do sentido. (Frankl 1946/1989), fundamenta sua obra no conceito que a vida tem sentido. Foi considerado o médico da doença do século XX, decorrente do “vazio existencial”. Tornou-se mundialmente conhecido a partir de seu livro “Em Busca de Sentido”. Entre outros. Tem visitado inúmeras universidades inclusive no Brasil.

Para Frankl, o ser humano possui as dimensões, Biológica, Psicológica e Espiritual.

A dimensão biológica; consiste a base orgânica celular, estrutura fisiológica, e processos bioquímicos, movimentos, bem como o processo físico de crescimento físico, o esgotamento da atividade física, faz parte da trajetória da vida.

A dimensão psíquica; reúne sentimentos, pulsões energéticas presente no mundo psíquico; capacidades, intenções, inteligência, percepções, as atitudes e comportamentos, dotes intelectuais, vivências essociadas. Isso tudo vem de encontro com o ambiente e o reflexo que o ambiente tem sobre nós e nós sobre o ambiente.

A dimensão espiritual, que Frankl a chama de “dimensão noética /espiritual” esta instância não adoece e não se corrompe, por mais intenso que seja o sofrimento, pois é a essência da pessoa. Esta dimensão espiritual noética tem três pilares: À vontade, o sentido, e sentido de vida.

A vontade de sentido, vem a ser o principio motivador do ser humano, sou feliz porque encontrei o “sentido de vida”. A vontade motivadora em Frankl é a busca pelo sentido de vida. O ser humano se pergunta: O que farei de minha vida? Que tipo de atividade? A que sou chamado a realizar neste mundo? Para que realizo isso ou aquilo?

Em nível psicológico, ocorrem também às intervenções, questionamentos, estes têm uma direção e um objetivo, que se referem aos valores, e fazem parte da dimensão espiritual, é por isso que o ser humano faz determinadas escolhas, por exemplo, seja religioso, o crer e o não crer, o cumprir um gesto religioso ou não, Ser professor, cumprir ou não a missão confiada, qual a motivação do cumprir ou não cumprir, e assim em todas as escolhas e atividades.

Tudo isso faz parte da dimensão “noética”. É isto que explica o motivo dos questionamentos sobre as escolhas. O ser humano é motivado a propelir a si mesmo, tornando-se alguém, a quem a vida vai interrogar, o qual vai responder sendo responsável por sua vida. Frankl pontua em seus escritos, que todo ser humano tem sentido de vida, mas nem todo ser humano “descobriu” o sentido de vida.

*Inspirado nos estudos sobre a teoria de Viktor E. Frankl.

Post criado 16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo